beneficios do oleo de coco

Benefícios do Óleo de Coco

O coco (Cocos mucifera) pertence à família Arecaceae.

Além da água do coco, a qual é altamente hidratante por possuir cálcio, potássio e magnésio, também se obtém o óleo de coco, o qual é, em geral, extraído a frio a partir da massa do coco.

No geral possui alguns benefícios antimicrobianas e antivirais, ajuda no sistema imunológico, absorção de vitaminas lipossolúveis entre outros benefícios relacionados que são aliados a perda de peso.

O coco, fruta, é um dos alimentos mais ricos em minerais como potássio, cálcio, sódio, magnésio e fosforo.

A água de coco é uma das bebidas naturais mais ricas em vitaminas do complexo B, como vitamina B3, B5, biotina, riboflavina, ácido fólico.

O óleo de coco é um óleo extraído do coco seco ou coco fresco, conhecido como óleo de coco extra virgem ou óleo de coco refinado. É através de sua polpa que consiste cerca de 60 a 70% de óleo de coco.

Por mais que o óleo de coco seja rico em gorduras saturadas, e a saturação determina a consistência da gordura, ou seja, quanto maior o grau de saturação, mais dura a gordura vai ser, no entanto, isso não acontece com o óleo de coco.

Por mais que ele seja uma gordura saturada, a composição do óleo de coco é basicamente de ácidos graxos de cadeia média, (AGCM) que correspondem cerca de 70 a 80% da composição do óleo de coco.

Os principais ácidos presentes no óleo de coco são: láurico, palmito, araquídico, e em poucas quantidades o ácido linolênico. 

O óleo de coco possui dois tipos como já citado, o óleo de coco refinado e o extra virgem. O óleo de coco refinado passa por um processo industrial de refinamento, deixando ele com aquele aspecto mais branco e mais limpo, esse processo de refinamento se tem a perda de nutrientes e é submetido por altas temperaturas.

Já o óleo de coco extra virgem é a versão mais saudável justamente por não passar por esse processo de refinamento e por possuir ainda na sua composição os nutrientes.

Conseguimos perceber que o óleo de coco é muito utilizado em diversas maneiras, cosméticos, beleza, é utilizado por diversas indústrias como matéria prima, base para muitos produtos farmacêuticos e utilizado para a produção de biocombustível pela utilização dos ésteres metílicos.

Na alimentação, o óleo de coco pode ser utilizado em diversos pratos, como doces, salgados, utilizado para untar, ou na composição de receitas. Além disso, tem uma utilização nos cabelos e na pele por muitas pessoas.

Os benefícios do óleo de coco ainda ficam muito confusos pela quantidade de estudos que são realizados, isso porque existe uma relação muito estruturada sobre o alto consumo de gorduras saturadas com doenças cardiovasculares.

O óleo de coco foi utilizado em alguns estudos pelo seu efeito no emagrecimento. Esse efeito se dá pela sua quantidade de ácidos graxos de cadeia média, que podem ser utilizadas como forma de energia, ao invés de ser armazenada no tecido adiposo sob forma de gordura.

O óleo de coco tem alguns benéficos relacionados com o seu consumo, tanto pela ingestão na alimentação quanto utilização na forma de cápsulas:

Aliado da perda de peso:

Pensando ainda em emagrecimento indiretamente, o óleo de coco, por ser rico em gorduras, seu efeito sacietógeno é bem grande, ou seja, ele possui um efeito alto de dar saciedade. A pessoa que inclui fontes de gorduras na refeição, tende comer menos naquela mesma refeição ou na próxima. Isso ajuda a diminuir beliscadas entre as refeições, contribuindo então com um menor consumo de calorias. No entanto, deve se ter atenção na sua ingestão, justamente por se tratar de uma gordura, suas calorias por gramas são elevadas, 9 kcal por grama de gordura.

Age contra vírus e bactérias:

O óleo de coco possui na sua composição o ácido láurico, quando este entra em contato com o pH do estomago, ele é convertido em monolaurina, um composto capaz de combater bactérias e vírus. No entanto, esse efeito é totalmente depende de um sistema imunológico funcionante. Além disso, o óleo de coco tem algumas participações como antioxidante, melhorando a resposta frente aos radicais livres.

Perfil lipídico:

Alguns estudos mostram benefícios coadjuvantes na diminuição do colesterol LDL e aumentar o HDL. No entanto, existem outros artigos demostrando uma elevação do colesterol total. Por isso, é importante salientar que por mais que o óleo de coco já demostrou esses benefícios em estudos, é preciso controlar toda alimentação, e incluir as práticas de exercícios físicos.

Auxilia na termogênese do corpo:

O ácido láurico presente na composição do óleo de coco possui ação termogênico, podendo agir de forma a contribuir um processo de emagrecimento, como um tratamento coadjuvante.  Dentre outras propriedades, o óleo de coco quando ingerido não produz um pico de insulina na corrente sanguínea e ainda aumenta a sensação de saciedade.

Absorção de vitaminas lipossolúveis:

O óleo de coco ajuda a melhorar a absorção de vitaminas lipossolúveis, como vitamina A, D, E e K, bem como de vitaminas do complexo B.

Hidrante de cabelo e pele:

Existem algumas preparações caseiras com o óleo de coco para melhorar os fios capilares. No entanto, existe muita discordância sobre esse produto e os cabeleireiros. Mas também existe o relato de pessoas que já obtiveram ótimos resultados no cabelo após aplicação de óleo de coco. Não existe comprovação científica quanto o seu real benefício no cabelo, mas foi colocado neste tópico para você avaliar e experimentar caso queira.

Todos essas funções e benefícios do óleo de coco devem ser correlacionadas com uma boa alimentação e equilibrada, com a prática de exercícios físicos, uma boa ingestão de água.

Sabemos que nenhum suplemento age de forma isolada, por isso é importante aliar a sua ingestão ou sua aplicação com uma alimentação balanceada.

Quanto de óleo posso consumir por dia?

Não existe uma recomendação exata sobre o consumo de óleo de coco. É importante ter o controle do consumo elevado de gorduras saturadas na alimentação, de 10 a 15% das gorduras totais podem ser de gorduras saturadas para diminuir o risco de doenças cardiovasculares.

Na cozinha, o uso de óleo de coco pode ser feito para untar panelas, para utilizar em receitas. A quantidade recomendada é de cerca de 1 colher de sopa por dia, caso não for utilizar outros tipos de gorduras como azeite ou manteiga.

No caso do óleo de coco em cápsulas ele é contraindicado para pacientes com alergia a algum componente da formula. Além disso mulheres grávidas, ou que estejam amamentando.

É importante ressaltar que no caso do óleo de coco em cápsulas é interessante utilizar com a orientação de um médico ou nutricionista, para verificar como está a inclusão de outras gorduras na dieta afim de controlar o consumo de gorduras saturadas de toda a alimentação.

Além disso, nenhum alimento isoladamente faz milagre. Todo o processo do organismo age em conjunto com uma boa ingestão de todos os nutrientes. E tudo em excesso faz mal. Equilíbrio sempre.

Redatado por: Taynara Caroline da Silva – Nutricionista CRN3-49635

ARUNIMA, S.; RAJAMOHAN, T. Effect of virgin coconut oil enriched diet on the antioxidant status and paraoxonase 1 activity in ameliorating the oxidative stress in rats–a comparative study. Food & function, v. 4, n. 9, p. 1402-1409, 2013. Disponível em: https://pubs.rsc.org/en/content/articlelanding/2013/fo/c3fo60085h/unauth#!divAbstract

ARUNIMA, S.; RAJAMOHAN, T. Virgin coconut oil improves hepatic lipid metabolism in rats–compared with copra oil, olive oil and sunflower oil. 2012. Disponível em: http://nopr.niscair.res.in/handle/123456789/14941

DEBMANDAL, Manisha; MANDAL, Shyamapada. Coconut (Cocosnucifera L.: Arecaceae): in health promotion and disease prevention. Asian Pacific journalof tropical medicine, v. 4, n. 3, p. 241-247, 2011. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/82728424.pdf

GOMES, Rodrigo Vitasovic; AOKI, Marcelo Saldanha. A suplementação de triglicerídeos de cadeia média promove efeito ergogênico sobre o desempenho no exercício de endurance. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 9, n. 3, p. 154-161, 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbme/v9n3/17266.pdf

Lúcio, I. M. L., Almeida, L. C. T. D., Tenório, L. M. D. M. C., Verissímo, R. C. S. S., & Bastos, M. L. D. A. (2012). Potencial antimicrobiano do óleo de coco no tratamento de feridas. Disponível em: http://repositorio.ufc.br/handle/riufc/4337

SILVA, Raquel; FORTES, Renata; SOARES, Henrique. Efeitos da suplementação dietética com óleo de coco no perfil lipídico e cardiovascular de indivíduos dislipidêmicos. Brasília Médica, v. 48, n. 1, p. 42-49, 2011. Disponível em: https://cdn.publisher.gn1.link/rbm.org.br/pdf/v48n1a08.pdf

http://publicacoes.cardiol.br/consenso/2013/Diretriz_Gorduras.pdf

http://abran.org.br/para-publico/posicionamento-oficial-da-associacao-brasileira-de-nutrologia-respeito-da-prescricao-de-oleo-de-coco/

http://www.cfn.org.br/index.php/saiba-mais-sobre-oleos-de-coco-e-de-canola/

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Nutricionista - Taynara Caroline

Taynara Caroline

Instagram: @nutritaay

Ver Perfil

Nutricionista com 4 anos em experiência em consultoria em empresas, consultório, desenvolvimento de conteúdos para sites, blogs e redes sociais sobre qualidade de vida, saúde, bem-estar, emagrecimento, receitas e alimentos. 

Taynara Caroline é registrada no Conselho Regional em São Paulo, pelo CRN° 49635. Graduada pelo Centro Universitário São Camilo em São Paulo, SP em 2017 e Pós Graduada em Nutrição Esportiva Funcional na Instituição VP Centro Nutrição Funcional (2019) Além disso possui curso de Personal Diet pelo centro SENAC.

Nutriblue

Nutriblue

Suplementos Nutricionais e Vitaminas

Posts Relaciondos

Fechar Menu
15585

Inscreva-se agora e ganhe 5% de desconto em nossa loja!

15856
15585

Parabéns!
Use agora o cupom informado abaixo em nossa loja virtual!

vimdoblog

× Precisa de Ajuda?