o que é e para que serve vitamina C

O que é vitamina C e para que serve?

A vitamina C também conhecida como ácido ascórbico, é uma vitamina hidrossolúvel e facilmente oxidada pelas temperaturas altas. É uma vitamina essencial, ou seja, precisamos ingerir por meio da alimentação e/ou suplementação, pois não conseguimos produzi-la no nosso organismo.

Após ser absorvida pelo organismo, ela é utilizada em diversos órgãos e tecidos para desempenhar suas funções. Age no sistema imunológico, cofator de enzima, musculo, fígado e ossos entre outras funções.

É uma vitamina muito fácil de atingir as quantidades pela alimentação, as recomendações sugerem uma quantidade de mais ou menos 100mg de vitamina C por dia. No entanto, vai depender da faixa etária de cada indivíduo.

Para se atingir essa quantidade com alimentação já conseguimos. Em uma unidade de laranja, conseguimos 55mg. Se você ingerir duas laranjas por dia, já consegue bater essa quantidade de vitamina C.

Os alimentos fontes de vitamina C são (a cada 100g de alimento):

  • Laranja – 55mg
  • Suco de limão puro – 79mg
  • Morango – 60mg
  • Tangerina – 45mg

A vitamina C já foi muito tempo conhecida como nutriente essencial para prevenção de escorbuto, no entanto, hoje em dia o seu papel cresceu por conta das descobertas do estudos mostrando a potente ação antioxidante da vitamina C.

A função antioxidante é de extrema importância para o organismo, justamente porque a todo tempo, estamos produzindo uma quantidade enorme de radicais livres e isso afeta diretamente nossas células, mas todo o processo que envolve a nossa saúde.

A vitamina C forma um composto com os radicais livres, dessa forma, os radicais livres deixam de ser tóxicos na corrente sanguínea e nas células e dessa forma podem ser eliminados.

Qual é a função da vitamina C?

A vitamina C atua no funcionamento celular, diminuindo a atuação dos radicais livres, protege o organismo pela sua ação no sistema imunológico. No sistema imunológico, a vitamina C atua fortificando as células de defesa do organismo para agir contra microrganismo que causam gripes e resfriados.

Uma pesquisa realizada na Finlândia que revisou mais de 23 pesquisas sobre a vitamina C, um total de 6mil pessoas pesquisadas. Como conclusão desse estudos, foi visto que, bons níveis de vitamina C faz com que o tempo de gripe e resfriado diminua.

No entanto, não adianta tomar a vitamina C durante o estado de gripe. Ele precisa sempre estar em bons níveis no organismo. Então, todos os dias, você precisa estar consumindo alimentos fontes de vitamina C, para que quando houver a contaminação e que ocasionar a grupe, os seus níveis de vitamina C possam atuar juntamente com o sistema imunológico nestes vírus.

Atua diretamente no tecido conjuntivo, durante a formação do colágeno. Sem a vitamina C a produção do colágeno fica comprometida.

A vitamina C facilita a absorção de ferro. Pessoas que seguem uma alimentação mais restritiva em proteínas animais se beneficiam com essa função da vitamina C. Justamente pelo fato de que, o ferro das proteínas vegetais é um ferro diferente das proteínas animais e com a vitamina C você aumenta a biodisponibilidade do ferro.

A vitamina C auxilia pessoas que tem variações de humor ou hiperatividade. Isso porque o ácido ascórbico é essencial na produção de neurotransmissores como serotonina, adrenalina, noradrenalina e dopamina, como isso, todos esses agem no humor e energia.

Auxilia também para diminuição de fadiga e fraqueza muscular causada pelos exercícios físicos que geram rompimento das fibras musculares.

Outra função da vitamina C é agir melhorando e acelerando processos de cicatrização. Tanto verídico este fato que, muitas empresas produtoras de cosméticos para pele, apostam na vitamina C para melhorar a qualidade da pele, diminuir os radicais livres que agem envelhecendo a pele.

Além disso, a vitamina c também age em pessoas que possuem osteoporose.

A vitamina Cajuda na prevenção de doenças oculares por diminuir a ação dos radicais livres nos olhos. Uma das doenças da degeneração da mácula é ocasionada pela ação dos radicais livres, aumentando o estresse oxidativo naquela região e consequentemente o envelhecimento celular. Tanto a vitamina C como a luteína agem nessa diminuição de radicais livres, prevenindo essa doença.

Quais os benefícios da vitamina C?

A vitamina C vem sendo muito estuda por suas funções e benefícios como um potente antioxidante.

Estudos em diversas áreas do organismo vem apontando como principal antioxidante que temos na alimentação e como forma de vitamina. Existem outras vitaminas antioxidantes como vitamina E, vitamina A.

Os radicais livres atuam tanto no envelhecimento celular, danificando as células de dentro pra fora, modificam o DNA daquela célula, levando ela a morte programada (apoptose). Além disso, altos níveis de radicais livres são correlacionadas com o início de doenças como câncer e doenças metabólicas, como as doenças cardiovasculares.

Um estudo publicado no InternationalJournalof Sports Medicine, mostrou um estudo realizado com 45 maratonistas. Foi observado que a suplementação de vitamina C conseguiu reduzir os níveis de cortisol no organismo dos atletas. O cortisol é um dos hormônios responsáveis pelo aumento de estresse. Pode causar diversas alterações importantes no organismo, prejudica o sono (diminui a melatonina), diminui processos emagrecimentos (atua aumentando a fome).

A vitamina C é importante para a produção da proteína carnitina. A carnitina é responsável por transportar a gordura para ser utilizada como fonte de energia. Mas isso não significa que quanto mais carnitina mais queima de gordura. Na realidade, esse é um processo comum do organismo. Se o corpo não estiver em um déficit calórico, o emagrecimento não acontece, mesmo tendo muita carnitina.

Em resumo, a vitamina C é de extrema importância para o organismo, quando não se tem o consumo alimentar, é preciso ter outros meios de se adquirir a vitamina C.

Uma das maneiras mais eficientes é a suplementação de vitamina C. A suplementação é indicada para aquelas pessoas que não conseguem bater a quantidade recomendada de vitamina C durante o dia ou em casos de deficiências analisadas por exames de sangue. Em casos de doenças intestinais que possam estar diminuindo e afetando a absorção das vitaminas.

Nos casos de gravidez e lactantes, precisa se avaliar as quantidades individualizadas para esta fase.

Não tome suplementação por conta. Sempre tenha orientações vindas de um nutricionista ou um médico.

Redatado por: Taynara Caroline – Nutricionista – CRN349635

ARANHA, Flávia Queiroga et al. O papel da vitamina C sobre as alterações orgânicas no idoso. Revista de Nutrição, v. 13, p. 89-97, 2000.

COUTO, Meylene Aparecida Luzia; CANNIATTI-BRAZACA, Solange Guidolin. Quantificação de vitamina C e capacidade antioxidante de variedades cítricas. Food Science and Technology, v. 30, p. 15-19, 2010.

MANELA-AZULAY, Mônica et al. Vitamina C. Anais brasileiros de dermatologia, v. 78, p. 265-272, 2003.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Nutricionista - Taynara Caroline

Taynara Caroline

Instagram: @nutritaay

Ver Perfil

Nutricionista com 4 anos em experiência em consultoria em empresas, consultório, desenvolvimento de conteúdos para sites, blogs e redes sociais sobre qualidade de vida, saúde, bem-estar, emagrecimento, receitas e alimentos. 

Taynara Caroline é registrada no Conselho Regional em São Paulo, pelo CRN° 49635. Graduada pelo Centro Universitário São Camilo em São Paulo, SP em 2017 e Pós Graduada em Nutrição Esportiva Funcional na Instituição VP Centro Nutrição Funcional (2019) Além disso possui curso de Personal Diet pelo centro SENAC.

Nutriblue

Nutriblue

Suplementos Nutricionais e Vitaminas

Posts Relaciondos

Fechar Menu
15585

Inscreva-se agora e ganhe 5% de desconto em nossa loja!

15856
15585

Parabéns!
Use agora o cupom informado abaixo em nossa loja virtual!

vimdoblog

× Precisa de Ajuda?