Quem_deve_tomar_coenzima_Q10_

Quem deve tomar coenzima Q10?

A Coenzima Q10 é uma substância presente em basicamente todas as células do organismo.

É conhecida também ubiquinona ou ubiquinol. Suas funções são ligadas a produção de energia (ATP) dentro das células.

Está presente na maioria dos órgãos que demandam mais energia como coração, rins cérebro, rins e fígado.

A Coenzima Q10 pode ser ingerida através da alimentação ou quando a alimentação for insuficiente pode ser suplementada.

Por ser um substancia muito utilizada no organismo ela pode ser reaproveitada. Dessa forma a suplementação é método seguro e natural.

A Coenzima Q10 é recomenda para indivíduos que possuem problemas cardíacos, musculares ou que façam a prática de exercícios físicos.

As pessoas que devem tomar a coenzima Q10 ou de modo que ela é mais indicada são nos casos abaixo:

  • Indivíduos que estejam em tratamento com estatinas:pessoas que estão em tratamento com estatinas para redução do colesterol podem conter uma menor quantidade de Coenzima Q10. Isso ocorre porque Coenzima Q é sintetizada pela via do mevalonato, mesma via utilizada nos primeiros passos da biossíntese do colesterol.
  • Envelhecimento:  a concentração de Coenzima Q10 nos tecidos atinge seu pico aos 20 anos e vai diminuindo com a idade. Por mais que ocorra a produção endógena no organismo, é comum a deficiência de coenzima Q10 após os 30 anos, aumentando ainda mais a necessidade de sua suplementação.
  • Doençascardiovasculares: nas doenças coronarianas ocorre a diminuição da produção da coenzima Q10. Estudos mostram que pessoas com insuficiência cardíaca quando suplementaram Coenzima Q10 ocorre uma melhora nos parâmetros funcionais do coração.
  • Antioxidante: pessoas que possuem algum distúrbio ocasionados pelos radicais livres podem estar usufruindo da suplementação de coenzima q10 para melhorar a atividade antioxidante. Sua principal ação se dá dentro das mitocôndrias. No organismo ela é encontrada em duas formas, ubiquinona e ubiquinol. A ubiquinona é necessária na produção de energia sob a forma de ATP, e o ubiquinol tem uma ação antioxidante.

Diminuição de sintomas na fibromialgia: estudos já vem correlacionando menores sintomas de dor, fadiga e cansaço em pacientes que possuem dores pela fibromialgia. A suplementação de Coenzima Q10 pode ser um dos métodos complementares no tratamento.

Melhorar o desempenho esportivo:para praticantes de atividades físicas ou atletas, a Coenzima Q10 tem um benefício em melhorar a quantidade de energia dentro do músculo. Tendo como resultado a redução da percepção de esforço e fadiga, e consequentemente melhora no m esportivo.

Recuperação de cirurgias: a CoQ10 melhora a resposta ao trauma cirúrgico. Um estudo mostrou que a suplementação de coenzima Q10 pode aumentar significativamente a capacidade antioxidante e reduzir os níveis de marcadores inflamatórios em pacientes que se recuperam de uma cirurgia.

Quem não pode tomar coenzima Q10?

A Coenzima Q10 é uma substância muito utilizada n o organismo, justamente por possuir funções dentro da mitocôndria das células, na produção de energia.

O corpo produz energia o tempo inteiro para a sobrevivência. Sem esta produção de energia não haveria condições de vida.

A suplementação de Coenzima Q10 é segura e natural. No entanto, é importante que está suplementação seja orientada por um profissional médico ou nutricionista.

Isso porque cada condição de saúde, doença ou até mesmo para um benefício adicional da coenzima Q10 existe uma quantidade em mg, desta forma com uma prescrição individualizada é a suplementação será mais assertiva.

A suplementação de Coenzima Q10 é apenas contra indicada para grávidas, crianças e indivíduos com alergias a algum componente nas formulações.

Um dos pontos importantes sobre a Coenzima Q10 é que conforme envelhecemos existe uma diminuição na síntese de Coenzima Q 10 no organismo.

Por conta disso, em alguns casos aonde não ocorre a ingestão via alimentar, a coenzima q10 é indicada.

Quanto tomar de coenzima Q10 por dia?

A recomendação de Coenzima Q10 normalmente varia de 100mg a 500mg diários. Salvos casos específicos em que tem o acompanhamento nutricional.

Bons níveis de Coenzima Q10 podem auxiliar na produção de energia via cadeia transportara de oxigênio (processo dentro da mitocôndria), contribuir na melhora da performance esportiva e reduzir o risco de lesão.

Outros benefícios:

  • Atua como antioxidante pela sua forma de Ubiquinol, formando um complexo com os radicais livres evitando que estas substancias tóxicas fiquem circulando na corrente sanguínea e danificando as células. Essa inibição dos radicais livres ainda auxilia evitando o envelhecimento celular causado pelos radicais livres.
  • Auxilia na regulação do crescimento e diferenciação celular;
  • Fortalece o sistema imunológico, auxilia as células de defesa contra condições de saúde;
  • Participa de processos anti-inflamatórios;
  • Melhora o aspecto da pele uma vez que é um ótimo oxidante;
  • Pode auxiliar na performance esportiva, visto que o consumo de coenzima Q10 está ligado com uma maior produção de energia dentro do músculo e com isso diminui fadiga muscular, levando a um melhor aproveitamento nos treinos;
  • Tratamento coadjuvante a outros tratamentos para a fibromialgia.
  • Participa na saúde dos neurônios, melhorando a proteção;
  • Auxilia como tratamento complementar para doenças cardiovasculares;
  • Aumenta a disponibilidade do óxido nítrico;
  • Ajuda a regenerar a vitamina C e a vitamina E;
  • Atua como coadjuvante em mitocondriopatias;
  • Melhora a qualidade de vida

Para saber sobre a Coenzima Q10, para que serve, como tomar, leia o artigo completo no blog da Nutriblue clicando aqui.

Redatado por: Taynara Caroline da Silva – Nutricionista CRN3-49635

ALKHOLY, Usama M. et al. Estado antioxidante da coenzima Q10 e da vitamina E em crianças com diabetes tipo 1. Jornal de Pediatria, v. 95, n. 2, p. 224-230, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0021-75572019000200224&script=sci_arttext&tlng=pt

MACHADO, Carla da Silva. Possíveis efeitos citoprotetores do antioxidante da dieta coenzima Q10 em modelo de células neuronais. 2011. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60134/tde-24102011-143836/en.php

SILVA, Fabiana Barreiro de Freitas et al. Efeito da coenzima Q10 nos danos oxidativos induzidos pela L-tiroxina no músculo sóleo de ratos. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 21, n. 2, p. 84-88, 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1517-86922015000200084&script=sci_arttext&tlng=pt

STEMMLER, Britta. Coenzima Q10. 2016. Disponível em: https://www.dieteticaonline.es/blog/coenzima-q10.html

ZAKI, Moushira E. et al. Coenzima Q10 e marcadores pró-inflamatórios em crianças com síndrome de Down: aspectos clínicos e bioquímicos. Jornal de Pediatria, v. 93, n. 1, p. 100-104, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0021-75572017000100100&script=sci_arttext&tlng=pt

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Nutricionista - Taynara Caroline

Taynara Caroline

Instagram: @nutritaay

Ver Perfil

Nutricionista com 4 anos em experiência em consultoria em empresas, consultório, desenvolvimento de conteúdos para sites, blogs e redes sociais sobre qualidade de vida, saúde, bem-estar, emagrecimento, receitas e alimentos. 

Taynara Caroline é registrada no Conselho Regional em São Paulo, pelo CRN° 49635. Graduada pelo Centro Universitário São Camilo em São Paulo, SP em 2017 e Pós Graduada em Nutrição Esportiva Funcional na Instituição VP Centro Nutrição Funcional (2019) Além disso possui curso de Personal Diet pelo centro SENAC.

Nutriblue

Nutriblue

Suplementos Nutricionais e Vitaminas

Posts Relaciondos

Fechar Menu
15585

Inscreva-se agora e ganhe 5% de desconto em nossa loja!

15856
15585

Parabéns!
Use agora o cupom informado abaixo em nossa loja virtual!

vimdoblog

× Precisa de Ajuda?