Qual é o benefício do óleo de prímula

A semente de prímula é obtida através da planta Oenothera  biennis e os seus benefícios são atrelados ao seu óleo.

O óleo de prímula é rico em ácidos graxo essencial, ou seja, são gorduras que não conseguimos produzir no organismo.

No caso do óleo de prímula especificamente, o seu óleo é rico em ômega 6, chamado também de ácido gama linolênico, tendo diversos benefícios e funções na saúde.

Na composição do óleo de prímula, existem outros ácidos como o ácido linoléico, ácido esteárico, palmítico e oleico.

Todos esses óleos vão ter papeis importantes no organismo e funções.

A princípio, o óleo de prímula foi muito estudado para seus benefícios em mulheres com TM, cólicas e menopausa.

No entanto, estudos recentes vem demostrando atribuições do óleo de prímula no perfil lipídico de colesterol LDL e HDl, doenças inflamatórias como artrite reumatoide, controle glicemia, entre outros.

O ômega 6 por ter o ácido gama linolênico (GLA), apresenta propriedades terapêuticas, aliviando sintomas da menopausa e da tensão pré menstrual (TPM).

A prímula possui uma ação anti-inflamatória que vem sendo estudada em diversas condições que envolve a saúde. Uma das suas funções no organismo é a sua participação na produção de prostaglandinas.

As prostaglandinas são sinais químicos que das células, normalmente são produzidas em casos inflamatórios ou onde ocorre uma infecção causada por patógenos como bactérias, vírus etc. 

Esses sinais chamados de prostaglandinas controlam os processos de inflamação, fluxo de sangue e formação e coágulos.

A ação anti-inflamatória exercida pelo o óleo de prímula estimula a produção de um tipo de prostaglandina.

Existem algumas classes de prostaglandinas, a do tipo PGE1 está mais envolvida na diminuição de inflamações, auxilia na redução de chances de trombose.

Outros estudos vem ainda mostrando a atuação do óleo de prímula na pressão arterial, controle lipídico e perda de peso.

Não existem comprovações cientificas o suficiências para se ter uma alegação de propriedade do óleo de prímula pelos os ministérios de saúde, no entanto, o óleo de prímula já se mostra muito eficiência em estudos com pessoas.

Por isso que a orientação de consumo deve vir pelo médico ou nutricionista, existe a individualidade de cada paciente que deve ser considerada.

O óleo de prímula é um tratamento alternativo e não está dentro dos tratamentos convencionais da medida em casos mais graves de inflamação como artrite reumatoide. Por isso a consulta com um profissionais é indispensável. 

Quais os efeitos colaterais do óleo de prímula?

A planta que dá origem ao óleo de prímula, também conhecida como estrela da tarde, é uma planta com flores grandes e amarelas, originaria da América do Norte há anos. Por muitos anos foi utilizada como um tratamento alternativo na medicina indígena.

Por mais que ela esteja presente há anos, é importante salientar que, qualquer tipo de suplementação que vai ter algum efeito positivo no seu organismo, ou que irá modular processos metabólicos no seu organismo, precisa de uma orientação.

Tanto pelas quantidades da suplementação quanto o que você vem consumindo habitualmente na sua alimentação.

A suplementação de óleo de prímula não possui efeito colaterais, no então, o seu consumo em excesso e a longo prazo pode ter efeitos diversos.

Uma vez que, o óleo de prímula é rico em ômega 6 e no organismo precisamos de um equilíbrio de ômega 3 e ômega 6. Não adianta ingerir grandes quantidades de ômega 6 e não adequar essa ingestão com o ômega 3. Essa relação precisa ser mais favorável ao ômega 3, por conta disso, deve se seguir uma relação máximo de 5:1 seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde, ou seja, para cada 500mg de ômega 6, precisa-se de 100mg de ômega 3.

Nos últimos anos, essa relação aumentou muito, se estima-se que a relação de ômega 6: ômega 3 esteja 20:1. Isso se deve pelo alto consumo de produtos industrializados, ricos em óleos, pobres em peixes.

Na nossa alimentação, conseguimos boas quantidades de ômega 6 vindos de alguns alimentos, ao contrário do ômega 3 que é mais difícil conseguir pela alimentação e pelo padrão alimentar dos brasileiros (falta de consumo de peixes).

Lista de benefícios do Óleo de Prímula

  1. Auxilia no combate aos sintomas da TPM (Tensão Pré-Menstrual) – pode contribuir no alivio dos sinais de tensão pré menstrual pela sua composição de ácidos graxos essenciais. Como o óleo de prímula é rico em ácido gama-linolênico, ele atua na produção de prostaglandinas E1. Quando esses sinais estão baixos, pode aumentar a sensibilidade do corpo por um hormônio que desencadeia sintomas de TPM como sensibilidade nas mamas, vontade de comer doces, dores, irritabilidade.
  • Auxilia no combate aos sintomas da menopausa – mulheres na fase de climatério possui muitos sintomas como ondas de calor excessivos, estresse, ansiedade. O óleo de prímulapor possuir o GLA, pode auxiliar no alivio desses sintomas por participar na regulação hormonal, com isso, reduz as ondas de calor da menopausa.
  • Possuem nutrientes que participam da saúde cardiovascular – o GLA presente no óleo de prímula pode contribuir indiretamente na proteção cardiovascular. No entanto, é preciso a relação de ômega 3 e ômega 6 para isso ser efetivo,
  • Contribui contra a pressão alta por relaxar os vasos sanguíneos – o GLA participa da produção das prostaglandinas, que são sinais que controlar o fluxo de sangue, vasodilatação e vasocontração. Na pressão arterial existe uma resistência entre as paredes das artérias fazendo com que a pressão sanguínea aumente. Não há evidencias o suficiente que sustentem essa hipótese dos estudos, mas já foi comprovado em alguns estudos que o óleo de prímula poderia auxiliar na pressão arterial positivamente,
  • Auxilia na melhora da circulação–o ácido gama linolênico e o ácido linoleico presentes do óleo de prímula podem atuar na circulação de uma forma indireta.
  • Suplementação que complementa os tratamentos de problemas de pele –o ácido linoleico e o ácido gama linolênico possuem atividades antiinflamatórios, Podem contribuir com a saúde e elasticidade da pele, bem como umidade e firmeza.
  • Pode atuar no controle lipídico – um estudo realizado em ratos demostrou que o ácido gama linolênico do óleo de prímula pode contribuir no controle do colesterol ruim (LDL).
  • Contribui em casos da artrite reumatoide – por conta da sua atividade anti-inflamatória, o óleo de prímula pode contribuir indiretamente no tratamento dessa doença inflamatória juntamente com o tratamento medicamentoso seguindo as orientações medicas.
  • Contribuição coadjuvante no risco de trombose – o óleo de prímula por aumentar a produção de prostaglandinas que atuam na redução na formação de coágulos sanguíneos e no controle do fluxo do sangue.
  1. Saúde capilar –  a deficiência de ômega 3 e de ácidos graxos no geral pode ser um causador da queda de cabelo. Os ácidos graxos são essências para a fibra capilar.

O óleo de prímula por mais que seja seguro o seu uso, pode causar efeitos colaterais. É contra indicado para pessoas que possuem alergias a planta onagráceas. Mulheres grávidas ou lactantes e crianças devem se consultar primeiro ao médico antes de começar a utilizar o óleo de prímula.

O óleo de prímula deve ser evitado nos casos de epilepsia, problemas de coagulação no sangue ou utilização de remédios anticoagulantes ou anti-inflamatórios. Não deve ser usado juntamente com outros medicamentos como para doenças mentais, anticoagulantes e medicamentos para pressão alta.

Redatado por: Taynara Caroline da Silva – Nutricionista CRN349635

NATIONAL TOXICOLOGY PROGRAM. Chemical Information Review Document for Evening Primrose Oil (Oenothera biennis L.) . 2009. Disponível em: <https://ntp.niehs.nih.gov/ntp/noms/support_docs/evening_primrose_nov2009.pdf>. Acesso em

TIMOSZUK Magdalena; BIELAWSKA Katarzyna et al. Evening Primrose (Oenothera biennis) Biological Activity Dependent on Chemical Composition. Antioxidantes. 108. 7; 1-11, 2018

MAHBOUBI Mohaddese. Evening Primrose (Oenothera biennis) Oil in Management of Female Ailments. Journal of Menopausal Medicine. 25. 2; 74-82, 2019

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Nutricionista - Taynara Caroline

Taynara Caroline

Instagram: @nutritaay

Ver Perfil

Nutricionista com 4 anos em experiência em consultoria em empresas, consultório, desenvolvimento de conteúdos para sites, blogs e redes sociais sobre qualidade de vida, saúde, bem-estar, emagrecimento, receitas e alimentos. 

Taynara Caroline é registrada no Conselho Regional em São Paulo, pelo CRN° 49635. Graduada pelo Centro Universitário São Camilo em São Paulo, SP em 2017 e Pós Graduada em Nutrição Esportiva Funcional na Instituição VP Centro Nutrição Funcional (2019) Além disso possui curso de Personal Diet pelo centro SENAC.

Nutriblue

Nutriblue

Suplementos Nutricionais e Vitaminas

Posts Relaciondos

Fechar Menu
15585

Inscreva-se agora e ganhe 5% de desconto em nossa loja!

15856
15585

Parabéns!
Use agora o cupom informado abaixo em nossa loja virtual!

vimdoblog

× Precisa de Ajuda?