qual melhor colageno para flacidez

Qual o melhor colágeno para flacidez?

flacidez da pele é algo indesejado e que incomoda muito as mulheres, mas com o colágeno certo é possível auxiliar na prevenção e amenizar o aspecto flácido e inflexível da pele.

É comum, com o passar dos anos, que a pele perca sua estrutura e elasticidade em decorrência da diminuição gradativa do colágeno no corpo.

Com isso, a pele perde a vitalidade que tinha na juventude e se torna menos elástica e mais rugosa.

O colágeno uma das principais proteínas presente no corpo e tem como função aumentar a resistência e elasticidade dos tecidos.

O termo “colágeno” é usado para denominar uma família de 27 isoformas de proteínas fibrosas encontradas nos tecidos conjuntivos do corpo em locais como pele, cartilagens, músculos, ossos, tendões, veias e dentes.

A isoforma mais abundante é o colágeno tipo I, o qual pode ser encontrado na pele, tendões, ligamentos e ossos.

Essa proteína compõe cerca de 80% da pele, organizando-se paralelamente na derme a fim de manter as células unidas, sustentando assim a pele.

O colágeno é produzido pelo próprio organismo continuamente durante toda vida. Porém, por volta dos 30 anos, essa produção começa a diminuir gradativamente.

Como se não bastasse isso, essa diminuição na produção de colágeno é acompanhada pelo aumento da sua degradação, resultando em uma pele mais flácida e com aparência envelhecida.

Por essa soma de motivos, a pele se torna cada vez mais enrugada e flácida em todas as partes do corpo conforme a idade vai avançando.

Além desse processo natural do envelhecimento, a diminuição do colágeno e a consequente piora na condição da pele podem ser favorecidas por outros fatores, como alimentação inadequada, alterações hormonais, fumo, doenças sistêmicas, emagrecimento rápido, alguns medicamentos, entre outros.

A perda da elasticidade da pele resulta em rugas, linhas de expressão, flacidez e um aspecto envelhecido que não agrada a maioria das pessoas, especialmente as mulheres.

Para proporcionar maior qualidade de vida, a indústria farmacêutica trabalha em busca de medidas preventivas contra a flacidez e demais sinais do envelhecimento, uma vez que a pele é o cartão de visitas da saúde e reflete todos esses cuidados.

Com o intuito de amenizar os efeitos da perda de colágeno, a suplementação por meio do colágeno hidrolisado é utilizada a fim de combater os efeitos da redução dessa proteína na pele.

Em vista disso, houve um aumento na utilização de colágeno tanto em suplementos alimentares como em produtos alimentícios.

Suplementação com colágeno hidrolisado

A relação entre o envelhecimento da pele e a quantidade de colágeno tem sido alvo de diversos estudos nos últimos anos.

Sabe-se que a principal característica do aspecto envelhecido da pele é resultado tanto da menor produção de colágeno, quando da maior degradação das fibras existentes na derme por ação de enzimas específicas.

Ou seja, há tanto uma menor produção como uma maior ação das enzimas que o degradam, resultando em um desequilíbrio que avança conforme o passar dos anos e agrava o processo de envelhecimento.

Sendo assim, a suplementação com colágeno ajuda a promover o equilíbrio entre a produção de colágeno e a sua degradação por enzimas, retardando o processo de envelhecimento e, consequentemente, auxiliando na melhor da aparência e a saúde da pele.

Porém, esse efeito sobre a pele não é observado por qualquer tipo de colágeno. Para se beneficiar desses efeitos, o melhor colágeno para flacidez é o colágeno hidrolisado.

A suplementação com colágeno hidrolisado auxilia na reestruturação da pele, ajudando a melhorar seu fortalecimento e elasticidade e consequente melhora da aparência da pele.

Dentre os benefícios da ingestão de colágeno hidrolisado para o organismo estão:

  • Auxiliar na melhoria da firmeza e elasticidade da pele;
  • Atua na prevenção e combate ao envelhecimento;
  • Melhora do aspecto geral da pele;
  • Prevenção e redução de celulites;
  • Prevenção de estrias;
  • Prevenção de rugas;
  • Auxilia no fortalecimento dos cabelos e unhas.

Se o colágeno hidrolisado normal já é capaz de trazer resultados incríveis, imagine o Colágeno hidrolisado completo com peptídeos bioativos de colágeno, vitaminas e minerais!

Essa é uma evolução do colágeno hidrolisado normal, muito mais eficaz e específica para a pele.

Constituído de nano partículas de colágeno, ou seja, partículas ainda menores de colágeno, é absorvido de uma maneira eficiente pelo organismo.

A Nutriblue tem o melhor colágeno para cuidar da sua pele, cabelos e unhas. Conheça o Colágeno hidrolisado com peptídeos bioativos, vitaminas C, zinco e selênio Nutriblue.

Em sua formulação, além do colágeno hidrolisado em nano partículas, fundamental para auxiliar na reconstrução da firmeza e elasticidade da pele, você encontra também a vitamina C, zinco e selênio, essenciais para o crescimento e reparação do tecido conjuntivo.


Quais são os tipos de colágeno?

O colágeno é uma proteína estrutural, dessa forma, é responsável por conferir estrutura para todos os tecidos do organismo ao manter as células firmes e unidas.

Encontrado em praticamente todo o corpo, corresponde a aproximadamente 30% de toda proteína do organismo.

Por conta de sua importância e grande presença, não é surpresa que existam diferentes tipos de colágeno, cada qual com sua função e em determinado local ou estrutura do corpo.

Até agora já foram identificadas 27 isoformas de colágeno em diferentes tecidos. Seja na pele, tendões, cartilagens, músculos, vasos sanguíneos e ossos.

Dentre estes, os tipos mais comuns são o colágeno do tipo I, o mais abundante e encontrado principalmente na pele, cabelos e unhas, além de tendões e ligamentos.

O colágeno Tipo II, que se apresenta na forma de cartilagem, ou seja, uma espécie de gel encontrado nas articulações com a função primária de amortecer os impactos.

Outro tipo de menor interesse farmacêutico, mas encontrado em grandes proporções e com importantes funções é o colágeno Tipo III, presente em órgãos internos como baço, fígado, rins, estômago, intestinos e tem por função a sustentação destas estruturas.

Além dos diferentes tipos de colágeno encontrados no organismo, os suplementos de colágeno também têm suas diferenças. Por isso, é de extrema importância se atentar a cada uma de suas funções para usar o suplemento correto de acordo com suas necessidades.

Diferentes tipos de colágeno no organismo

O colágeno no organismo depende do seu local de origem. Entre os principais já identificados estão:

Colágeno Tipo I: é o tipo mais abundante no organismo, podendo representar cerca de 90% do colágeno corporal total.

É comumente encontrado em locais que precisam resistir a grandes tensões, como, por exemplo, na pele, tendões, ossos e dentes.

Colágeno Tipo II: presente em locais que sofrem grandes pressões e tem por função principal reduzir o impacto. São as conhecidas cartilagens elástica e hialina presente nas articulações e nos discos intervertebrais.

Colágeno Tipo III: tipo encontrado abundantemente nos músculos lisos, os quais formam os órgãos internos como coração, baço, fígado, útero, rins, estômago, intestinos, pulmões, e vasos sanguíneos.

Colágeno Tipo IV: com função de sustentação e revestimento, é encontrado principalmente no tecido epitelial como na pele e no revestimento de órgãos como estomago, bexiga, uretra, cavidade torácica e glândulas endócrinas.

Dos outros tipos de colágeno existentes, ainda podemos citar o tipo V que está associado ao tipo I nos ossos e tendões.

O tipo VI tem a função de sustentação e filtração, sendo encontrado no sangue, na placenta, nos rins e na lâmina basal.

O colágeno identificado como tipo VII e VIII se encontra em algumas células endoteliais, por fim, o tipo IX está presente na retina e na córnea.

Tipos de suplemento de colágeno

Com tantas diferentes isoformas de colágeno encontradas no organismo, não é surpresa que existam também diferentes suplementos de colágeno.

Em geral, eles são classificados em suplementos de colágeno tipo 1 e de colágeno tipo 2, também chamados de colágeno hidrolisado e não hidrolisado respectivamente.

Cada um destes tipos de suplementos de colágeno difere em suas estruturas moleculares e indicações.

O suplemento a base de colágeno hidrolisado é feito de colágeno tipo I obtido por meio da extração do colágeno do osso e da cartilagem bovina. Esta então passa pelo processo de hidrólise, no qual suas moléculas de proteína são quebradas em partículas menores para ser mais facilmente absorvido pelo organismo.

O colágeno hidrolisado é considerado a melhor forma de suplementação de colágeno para flacidez, pois auxilia na melhora da firmeza da pele e da melhora da estrutura dos fios de cabelo, unhas e dentes.

O suplemento de colágeno hidrolisado pode ainda auxiliar na perda de peso, embora não seja sua primeira indicação.

Existe ainda o colágeno hidrolisado com peptídeos bioativos de colágeno, uma verdadeira evolução do colágeno normal, ainda mais específico para a pele, chegando a ser 4x mais eficaz que o colágeno hidrolisado normal, por isso, é o mais indicado por dermatologistas.

Com nano partículas de colágeno, permite que o colágeno seja ainda mais facilmente absorvido pelo organismo e age recuperando as imperfeiçoes na pele, tais como rugas, flacidez, marcas de expressão e celulite.

Já o colágeno não hidrolisado, ou colágeno tipo 2, é produzido através de um processo de produção não enzimático a baixas temperaturas, de modo a manter sua estrutura intacta, ou seja, não sofre desnaturação.

O resultado é um suplemento de colágeno puro, sem alteração na sua molécula, fato que permite sua atuação junto ao sistema imunológico para auxiliar no tratamento da artrite reumatoide e osteoartrite, uma vez que age nas cartilagens e articulações e ajuda a melhorar a mobilidade e reduzir a dor sentida nesses casos.

Quanto tempo leva para o colágeno fazer efeito?

O colágeno é sintetizado pelo próprio organismo a partir de aminoácidos, os quais podem ser obtidos através da alimentação.

Porém, com o passar da idade, essa produção fica menor e consequentemente, com menos colágeno nos tecidos, estes ficam mais frouxos e flácidos, pois era o colágeno quem dava a sustentação e firmeza.

A solução para manter os níveis de colágeno equilibrados é fornecer ao organismo uma quantidade suficiente para suprir suas necessidades.

Os alimentos ricos em colágeno são os proteicos, como carne vermelha, ovos, peixes, frangos, queijos, leite e derivados e demais alimentos de origem animal.

Enquanto os alimentos acima auxiliam na produção de colágeno, outros podem favorecer a flacidez cutânea.

Dietas com muito açúcar e gordura e pouca proteína são prejudiciais para a pele. Além disso, alguns alimentos facilitam a glicação, processo que deixa o colágeno endurecido, com consequente perda de sua função, são eles os doces em geral, álcool e alimentos processados.

Os hormônios, em especial os estrogênios, ajudam na manutenção do colágeno. Por isso que, após a menopausa, as mulheres ficam com a pele mais flácida.

A forma mais prática e mais eficaz de fornecer colágeno ao organismo é através dos suplementos.

Em geral, a quantidade de colágeno diária indicada é de 10 gramas, mas esta recomendação pode variar de pessoa para pessoa, por idade, condições de saúde, ingesta proteica, elevado gasto proteico, entre outros.

Para potencializar os benefícios do colágeno no organismo é preciso fornecer também  uma fonte de vitamina C, uma vez que esta vitamina auxilia na absorção do colágeno pelo organismo. 

Por isso, sempre que consumir proteínas na alimentação, ou mesmo por meio de suplementos, combine essas fontes de colágeno com alimentos ricos em vitamina C, tais como laranja, limão, kiwi e abacaxi.

Alguns bons suplementos de colágeno hidrolisado já possuem em sua formulação a adição de vitamina C, justamente para este ser mais bem aproveitado pelo organismo.

Em geral, a suplementação com colágeno é recomendada a partir dos 30 anos, pois é a partir desta fase que o corpo diminui a produção e começa a perder 1% a 2% da proteína por ano.

Porém, a suplementação pode ser iniciada antes cedo como forma de prevenção, especialmente para pessoas que passam muito tempo no sol, fumam ou que possuem uma dieta pouco saudável, fatores que favorecem a perda de colágeno da pele.

O consumo regular e nas doses indicadas não apresenta contraindicações e pode ser mantido por tempo indeterminado a fim de suprir as necessidades do organismo.

A suplementação com colágeno começa a fazer efeito, em geral, após dois a três meses de consumo diário. Este é o tempo necessário para o organismo formar o novo colágeno e aparecerem os benefícios desta proteína para os tecidos.

De acordo com estudo de Proksch et al. (2014) sobre a eficácia da suplementação oral de colágeno hidrolisado no envelhecimento cutâneo sobre a elasticidade, hidratação e rugosidade da pele, observou-se melhoras após 4 e 8 semanas de uso diário.

Participaram desse estudo 62 mulheres com 35 a 55 anos, as quais foram divididas em três grupos que receberam 2,5 g e 5,0 g de colágeno hidrolisado, além do grupo placebo, que recebeu maltodextrina uma vez ao dia, por 8 semanas.

Os critérios analisados, elasticidade, hidratação e rugosidade, forma medidos antes do início da suplementação, após 4 e 8 semanas de consumo e 4 semanas após.

Dentre os parâmetros de pele analisados, a elasticidade apresentou melhora significativa, após 4 e 8 semanas de ingestão do colágeno hidrolisado com ambas as dosagens.

Em outro estudo, realizado por Addor (2015) em 28 mulheres, na faixa etária de 35 a 65 anos, que relatavam flacidez facial, a suplementação com colágeno e vitamina C resultou em uma melhora gradual na firmeza, elasticidade e hidratação da pele a partir de 30 dias do uso da suplementação.

Conclusão

A preocupação com o aspecto e saúde da pele tem levado o consumidor a procurar por produtos que possam melhorar essas condições e rejuvenescer a derme.

O colágeno é um desses ingredientes cuja função é auxiliar na melhora da integridade estrutural dos tecidos.

Além da saúde da pele, o colágeno hidrolisado também possui papel importante no fortalecimento e saúde das unhas e dos cabelos.

Pesquisas mostraram que a suplementação com colágeno é uma alternativa para retardar o envelhecimento e amenizar as rugas, linhas de expressão e flacidez da pele.

Para uma pele mais bonita e jovem, mantenha os níveis de colágeno no organismo. Conte com a Nutriblue para isso.

O suplemento de colágeno hidrolisado com peptídeos bioativos, vitamina C, zinco e selênio Nutriblue fornece níveis adequados de colágeno e auxiliar na melhora do aspecto da sua pele. Uma fórmula completa para cuidar da sua pele de dentro para fora.

Silva, Tatiane Ferreira da; Penna, Ana Lúcia Barretto. Colágeno: caracteristicas químicas e propriedades funcionais. Revista do Instituto Adolfo Lutz, v. 71, n. 3, p. 530-539, 2012. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/122273>.

Martins, Francisco Isaque et al. Colágeno hidrolisado: beneficios do uso oral. Mostra Científica da Farmácia, [S.l.], v. 5, mar. 2019. ISSN 2358-9124. Disponível em:

 <http://publicacoesacademicas.unicatolicaquixada.edu.br/index.php/mostracientificafarmacia/article/view/2960/2522>.

Ribeiro, Maria Elizette. Hidrolisado de colágeno utilização biológica em misturas protêicas e seu efeito no tecido cutâneo. Disponível em: <https://teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9131/tde-27112008-093555/en.php>

Bombana, Vanessa Barbieri; Zanardo, Vivian Polachini Skzypek. Uso do colágeno hidrolisado na prevenção do envelhecimento cutâneo. Disponível em: <http://www.uricer.edu.br/site/pdfs/perspectiva/161_750.pdf>.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Nutricionista - Taynara Caroline

Taynara Caroline

Instagram: @nutritaay

Ver Perfil

Nutricionista com 4 anos em experiência em consultoria em empresas, consultório, desenvolvimento de conteúdos para sites, blogs e redes sociais sobre qualidade de vida, saúde, bem-estar, emagrecimento, receitas e alimentos. 

Taynara Caroline é registrada no Conselho Regional em São Paulo, pelo CRN° 49635. Graduada pelo Centro Universitário São Camilo em São Paulo, SP em 2017 e Pós Graduada em Nutrição Esportiva Funcional na Instituição VP Centro Nutrição Funcional (2019) Além disso possui curso de Personal Diet pelo centro SENAC.

Nutriblue

Nutriblue

Suplementos Nutricionais e Vitaminas

Posts Relaciondos

Fechar Menu
15585

Inscreva-se agora e ganhe 5% de desconto em nossa loja!

15856
15585

Parabéns!
Use agora o cupom informado abaixo em nossa loja virtual!

vimdoblog

× Precisa de Ajuda?