itamina para aumentar imunidade de idosos

Vitamina para aumentar imunidade de idosos

Aumentar a imunidade é essencial para manter a saúde na terceira idade. Para isso, uma alimentação balanceada, a prática de exercício físico e uma reposição adequada de vitaminas e minerais são algumas medidas fundamentais. Melhorar o sistema imunológico deve ser uma preocupação constante, uma vez que a imunidade natural forma uma barreira de proteção contra a maioria das doenças. Em tempos de coronavírus, aumentar a imunidade é ainda mais importante para se proteger de ameaças externas e amenizar as consequências. No entanto, se a imunidade está baixa, o corpo não consegue combater adequadamente todos esses inimigos. Com isso, aumentam as chances de infecções e doenças, bem como suas complicações. É fato que o envelhecimento é um processo natural e com ele há uma diminuição das funções do organismo como um todo. Entretanto, é possível cuidar do corpo e da mente e manter a imunidade alta a fim de alcançar a almejada longevidade. vitamina c

O que é sistema imunológico?

sistema imunológico é formado por diferentes células de defesa que tem por objetivo proteger o organismo contra agressores externos, tais como bactérias, vírus e parasitas, tanto quanto de mutações malignas internas nos tecidos e a eliminação de células mortas. Dessa forma, trabalha para mantem o organismo limpo, saudável e livre de agressores.

O que faz baixar a imunidade?

A diminuição da atividade do sistema imunológico pode ser causada por diferentes variáveis. Dentre as principais causas de imunidade baixa estão fatores genéticos, má alimentação, sono de má qualidade, estresse, abuso de bebidas alcoólicas, tabagismo. Algumas doenças crônicas também podem comprometer o funcionamento das células de defesa do organismo, tais como AIDS, lúpus, câncer, diabetes e hipertensão, por exemplo. O uso de alguns medicamentos, como imunossupressores, corticoides ou antibióticos também são capazes de enfraquecer o sistema imunológico. A idade é outro fator da diminuição da imunidade, por isso é tão importante tomar medidas aumentar imunidade nos idosos. Essa baixa imunidade pode aumentar a frequência de doenças infecciosas, uma vez que existe uma diminuição no número de células de defesa. A boa notícia é que com o uso de suplementos de vitaminas e minerais é possível reforçar o sistema imunológico e torna-lo menos susceptível a vírus e bactérias. Veja os principais fatores que provocam a queda na imunidade:

Excesso de exercício

Por mais que a prática regular de exercícios seja essencial para aumentar a imunidade e a resistência às infecções, o treinamento muito intenso é uma agressão ao organismo e pode induzir à imunossupressão.

Não dormir bem

Poucas horas de sono ou distúrbios como ronco e apneia também causam um grande estresse no organismo. Com o tempo, a falta de sono tende a aumentar o nível de citocinas e prejudicar as células de defesa do organismo.

Má alimentação – desnutrição

Uma alimentação rica em gordura saturada, sal, açúcar e aditivos químicos, além de contribuir para o ganho de peso e aumentar o risco de problemas de saúde, podem também afetar a imunidade. O consumo dos chamados alimentos “vazios”, ou seja, aqueles sem nutrientes e vitaminas prejudicam o sistema imunológico, uma vez que as vitaminas e antioxidantes são fundamentais para o bom funcionamento das células de defesa.

Cigarro

O cigarro libera substâncias inflamatórias que demandam muito do sistema imune apenas para amenizar os danos causados por estes componentes. Dessa forma, quando o organismo é atacado por vírus e bactérias, as células de defesa não têm mais “forças” para combatê-los. Outro dano do tabagismo ao organismo é a alteração da função mucociliar, sistema composto pelo muco e por células ciliares que limpam os germes e sujeiras que entram por meio da respiração. Com isso, o organismo tem mais dificuldade em eliminar agentes infecciosos e fica sujeito a um maior número de doenças.

Como saber se está com a imunidade baixa?

Uma forma de saber se está com imunidade baixa é observar a presença de alguns sinais e sintomas que podem indicar que seu organismo não está sendo capaz de combater corretamente os agentes infecciosos, como vírus e bactérias. Imunidade é a capacidade de proteção do organismo contra invasores, no caso vírus, bactérias ou fungos, infecções ou doenças. Quando ela está baixa, ficamos mais propensos a desenvolvermos pequenas e grandes infecções, como quadros de gripes frequentes, por exemplo. Já notou que pessoas que passam pela mesma condição podem apresentar condições diferentes? Uma gripe que para um pode não ter consequências graves, já para outro, pode deixar a pessoa acamada. Mas por que isso acontece? Por causa da imunidade. Quando as defesa do organismo estão baixas, podem surgir alguns sinais e sintomas como:
  • Infecções recorrentes, como amigdalite, otite, sinusite, gripe, herpes, infecção urinária;
  • Quadros simples que demoram a passar ou que se agravam facilmente, como gripe;
  • Pequenas infecções que facilmente pioram;
  • Febre frequente e calafrios;
  • Cansaço excessivo;
  • Náuseas e vômitos;
  • Diarreia por mais de 2 semanas;
  • Queda acentuada de cabelo.
Por isso, ao perceber algum desses sintomas, é importante buscar medidas que ajudem a fortalecer a imunidade.

Como aumentar a imunidade rapidamente?

  • como-aumentar-imunidade
Se você percebeu que sua imunidade está baixa, aposte na mudança de alguns hábitos para aumentá-la rapidamente. Manter a imunidade alta é imprescindível para que o organismo possa se defender de agentes agressores. Para isso, tenha hábitos saudáveis, tanto na alimentação quanto na prática de atividades físicas. O sistema imunológico precisa de vitaminas, minerais e outras substâncias para se manter saudável. Esses nutrientes podem ser obtidos através da alimentação ou suplementação. Para chegar com saúde à terceira idade é preciso também se manter ativo, praticar atividade física e cuidar da saúde mental, além de dormir bem, não fumar e se hidratar.

Beba água

A ingesta adequada, de pelo menos 2 litros de água, mantém o organismo hidratado e as defesas celulares ativas.

Atividade física regular e moderada

O exercício físico é muito benéfico para o corpo. Além de melhorar o condicionamento físico e ajudar a emagrecer, também traz mais autoestima, diminui o estresse e fortalece o sistema imunológico. Para evitar aglomerações, no momento atual, opte por exercícios físicos em casa. Existem diversos treinos que não necessitam de equipamentos ou muito espaço.

Tenha uma alimentação saudável

Consuma alimentos com alto poder nutritivo. Eles possuem nutrientes necessários para fortalecer o sistema imunológico e prevenir muitas doenças. Priorize as frutas, verduras e legumes. Alimentos cítricos fonte de vitamina C, proteínas como carnes, ovos, leite, leguminosas e gorduras saudáveis, tais como o azeite de oliva, óleo de coco; abacate, entre outras. Evite produtos industrializados, excesso de doces, sal, pois podem baixar a imunidade. Tome sol com moderação A exposição ao sol é a melhor fonte de vitamina D, essencial para a melhora da imunidade. O ideal é tomar sol cerca de 20 minutos todos os dias, a fim de estimular a síntese de vitamina D pelo organismo.

Procure dormir bem

Uma boa noite de sono é fundamental para o organismo recuperar as energias. É durante sono que é reparada as funções e se mantém o sistema imunológico funcionando bem. Por outro lado, dormir pouco e/ou mal, desregulação a liberação do cortisol, hormônio do estresse, que compromete o funcionamento adequado do sistema imunológico. Portanto, mantenha uma rotina de sono equilibrada. Tente dormir cerca de 8 horas diárias. Para uma boa noite de sono, não use equipamentos eletrônicos na cama, reduza a iluminação e deixe o ambiente mais acolhedor e confortável.

Mantenha a higiene

Boca, nariz e olhos são as principais portas de entrada para vírus e bactérias. Sendo assim, é fundamental cultivar hábitos de higiene para combater a ação de agentes nocivos e manter o sistema imune em pleno funcionamento.

Controle o estresse

O estresse é uma resposta do organismo em relação a um estímulo toda vez que o corpo entende que está sob ataque. Porém, essa situação em demasia prejudica o sistema imunológico. Reduzir e combater o estresse ajuda a aumentar a imunidade. Algumas ações para controlar esse estado é praticar exercícios físicos, ter um hobby que dê prazer, passar momentos com a família e amigos, meditar, etc.

Qual a melhor vitamina para aumentar a imunidade?

As vitaminas são fundamentais para diversos processos do corpo humano, entre elas, para aumentar a imunidade. Por não serem produzidas pelo organismo, precisam ser adquiridas por meio da alimentação ou suplementação. De uma forma geral, as principais vitaminas recomendadas para aumentar a imunidade de idosos são as vitaminas do complexo B, como a vitamina B6 e a vitamina B12, vitamina C, E, A e D. Além dos minerais como ferro, cálcio e zinco. Veja abaixo algumas vitaminas que fortalecem o sistema imunológico.

Vitaminas do complexo B

O complexo B é formado por oito vitaminas: Vitamina B1, B2, B3, B5, B6, B7, B9 e B12. Estas são essenciais para o correto funcionamento e equilíbrio do organismo. Dentre suas ações está o fortalecimento do sistema imunológico. Além disso, participam também nos sistemas neurológico, muscular e digestivo, auxilia no crescimento celular, bem como na conversão dos macronutrientes em energia. O Complexo B em cápsulas Nutriblue auxilia no tratamento da carência de vitaminas do complexo B e suas manifestações, incluindo a melhora da imunidade.

Vitamina C

vitamina C é a substância mais conhecida e indicada para o fortalecimento do sistema imunológico. Fácil de encontrar, a vitamina está presente em grandes quantidades nos alimentos cítricos, como laranja, limão, acerola, goiaba, tangerina, morango e também em legumes e verduras, como pimentão, alho, cebola, tomate, rúcula, agrião e alface. É encontrado também em suplementos e complexos vitamínicos como o Suplemento de Vitamina “C” Em Cápsulas Nutriblue, o suplemento ideal para você viver com mais qualidade de vida. Além de fortalecer o sistema imunológico, a vitamina C possui uma forte ação antioxidante e combate a atuação dos radicais. Dessa forma, é duplamente importante, principalmente em idosos.

Vitamina D

A vitamina D3, ou colecalciferol, é fundamental para o organismo atuando em diversos tecidos e órgãos, em especial no sistema imunológico. A deficiência de vitamina D3 está presente em grande parte da população, sendo que muitos nem sem sequer tem o conhecimento disso. A dose diária recomendada de vitamina D não é alcançada somente com a alimentação. Dessa forma, a principal fonte continua sendo o banho de sol e a suplementação. O suplemento de Vitamina D3 em cápsulas super concentrado Nutriblue auxilia na manutenção de níveis séricos ideais de vitamina D. Dessa forma, pode atuar aumentando a imunidade e assim, melhorando a capacidade do organismo de prevenir doenças relacionadas ao trato respiratório, tais como gripes, resfriados, pneumonia ou bronquite.

Polivitamínico

Os complexos multivitamínico reúnem em um só suplemento uma variedade de vitaminas e minerais necessários para o bom funcionamento do organismo. Eles são indicados para pessoas que por algum motivo não conseguem adquirir a quantidade adequada de nutrientes somente por meio da alimentação. Dessa forma, servem para prevenir ou tratar a insuficiência de algum nutriente ou vários deles. Como sabemos, a capacidade do organismo em absorver e aproveitar as vitaminas e minerais fica comprometida com o envelhecimento. Por isso, nada melhor do que suplementar com vitaminas e minerais selecionados para que atuem de maneira eficiente no organismo, promovendo assim a saúde e o aumento da imunidade. O Polivitaminico Nutriblue – Vitaminas e Minerais de A-Z é um suplemento completo para aumentar a imunidade. Em um único produto você encontra Vitamina A, D, C, vitaminas do complexo B, Vitamina E, K, Cálcio, Ferro, Zinco, Cobre, Iodo, Selênio, Cromo e Manganês. Estas substancias trabalham em sinergia, proporcionando maior saúde e qualidade de vida.

Ômega 3

Um dos suplementos mais consumidos no Brasil, o ômega 3 é um ácido graxo poli- insaturado, que devem ser obtidos por meio da alimentação ou suplementação. O ômega 3 contribui para inúmeras funções do organismo, entre elas o aumento da imunidade, proteção contra doenças cardiovasculares, redução do colesterol, melhor desempenho cognitivo e prevenção de doenças como a artrite reumatoide. Procure suplementar com Ômega 3 de qualidade certificada, assim como o suplemento de ômega 3 super concentrado Nutriblue, que possui elevado índice de pureza e alta concentração de EPA e DHA.

Como aumentar a imunidade do corpo contra vírus?

  • suplementos-para-aumentar-imunidade-de-idosos
Aumentar a imunidade é um processo que requer um conjunto de hábitos. Para isso, uma alimentação saudável e balanceada, exercício físico, hidratação adequada e bons níveis de vitaminas são essenciais. Um sistema imunológico forte está diretamente relacionado com as taxas nutricionais. Assim como algumas vitaminas e minerais contribuem para aumentar a imunidade, a deficiência deles causa a diminuição da imunidade. Quando a imunidade está baixa, o corpo tem dificuldade de se proteger contra infecções, sejam elas causadas por vírus, bactérias ou qualquer outro agente. Dessa forma, a pessoa fica mais suscetível à contaminação e complicações da doença. Não existe uma medida específica para combater vírus, o que deve ser feito é dar suporte para melhorar as defesas do organismo. Conforme dito, adotar hábitos mais saudáveis, suplementar vitaminas e minerais e manter o corpo ativo são medidas indispensáveis para evitar infecções e inflamações. Aumentar a imunidade dá o suporte para o organismo combater melhor os vírus, minimizar os sintomas e ajudar no processo de recuperação. Portanto, fortalecer a imunidade não impede o contágio, porém contribuir no combate ao vírus. A recomendação é aumentar a imunidade proporcionando ao organismo quantidades suficientes de vitaminas e sais minerais fundamentais para o bom funcionamento do corpo. Para isso, aposte na suplementação, uma vez que é muito difícil adquirir os níveis recomendados somente com a alimentação. Não esqueça também de recobrar os cuidados com a higiene e fazer atividades físicas em casa, principalmente em tempos de pandemia.
Fala Nutri
Nutricionista Carolina Arbache

Carolina Arbache

@saudável.sabiamente

Nutricionista com 12 anos de experiência entre consultório, empresas, consultorias, revisão e produção de conteúdos sobre saúde, alimentos, receitas e bem-estar. Carolina Arbache é registrada no Conselho Regional de Nutrição de São Paulo pelo CRN-3 (Brasil) 32616. Graduada pelo Centro Universitário São Camilo, em São Paulo, SP em 2010 e título de especialização em Nutrição Esportiva e Estética em Ênfase em Wellness na mesma instituição em 2012. Também é pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional pela VP Centro de Nutrição Funcional (2013) e em Gastronomia e Cozinha Autoral pela PUCRS (2019).

Nutriblue

Nutriblue

Suplementos Nutricionais e Vitaminas

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Posts Relaciondos

Fechar Menu
15585

Inscreva-se agora e ganhe 5% de desconto em nossa loja!

15856
15585

Parabéns!
Use agora o cupom informado abaixo em nossa loja virtual!

vimdoblog

× Precisa de Ajuda?